Institucional
Sobre o Elas
Sobre o Elas
Conselhos e equipe
Concursos
Como contribuir
Trabalho voluntário
Notícias
Fale conosco
Fale conosco
 
Assine nosso boletim
Nome
E-mail
 
   
 
   
   
   
Siga-nos no Facebook! Siga-nos no Twitter! Conheça nosso canal no YouTube!

Notícias

Seminário Internacional discute investimento social em mulheres e direitos socioambientais (12/6/2018)
ELAS

A Rede de Filantropia para a Justiça Social, a Prospera - International Network of Women’s Funds e o Fundo ELAS promoveram no dia 6 de junho o Seminário Internacional “Filantropia para Justiça Social: Investindo nas mulheres e nos direitos socioambientais”. O seminário reuniu representantes de fundos de mulheres da América Latina, fundações e institutos nacionais e organizações da sociedade civil para debater o cenário da filantropia para a justiça social no Brasil e na América Latina e discutir os desafios e conquistas em dois campos específicos dessa área: o investimento social nos direitos das mulheres e socioambientais.

A mesa "Filantropia para a Justiça Social: investimento nos direitos das mulheres" apresentou o fomento à justiça de gênero dentro da filantropia para a justiça social, debatendo os desafios de atuação nesse segmento e de promoção de uma cultura de doação dirigida às mulheres. Após fala inicial de Alexandra Garita (Prospera), houve uma mesa de debates com Sara Mandujano (Fondo Alquimia/Chile), Laura Garcia (Fondo Semillas/México), Rosana Heringer (Fundo ELAS/ Brasil) e Daniela Grelin (Instituto Avon/Brasil), com mediação de Jana Guinond (Fundo ELAS/Brasil).
 
"A filantropia na América Latina tem sido caracterizada pela assistência direta às pessoas em situação de marginalização e pobreza, em grande parte através das igrejas, e com um olhar de "caridade", que pouco fez para transformar as causas estruturais que deixam a grande maioria de nossas populações em situações de desigualdade econômica, social, étnica e racial, entre outras. Por essa razão, o surgimento no Brasil e na América Latina de fundos de mulheres, fundos ambientais, de direitos humanos e justiça racial, entre outros, tem gerado mudanças significativas no mundo filantrópico", afirmou Alexandra Garita.
 
A segunda mesa reuniu representantes de fundos de mulheres e fundos socioambientais para traçar um panorama de boas práticas, desafios e perspectivas nesses dois campos em aliança para o avanço dessas causas. Participaram do debate Maria Amália Souza (Fundo Socioambiental Casa/Brasil), Maria Estelí González (FCAM - Fondo Centroamericano de Mujeres/ América Central), Tatiana Cordero (Fondo de Acción Urgente para América Latina/Colômbia), Citlali Barrera (FASOL - Fondo Acción Solidaria/México) e Sandra Villar (Mama Cash), com mediação de Graciela Hopstein (Rede de Filantropia para a Justiça Social/Brasil)
 
O evento teve apoio do Museu de Arte do Rio (MAR). 
 
 
Tel +55 (21) 2286-1046 / Fax 55 (21) 2286-6712 - E-mail: elas@fundosocialelas.org
Site desenvolvido por FW2 Agência Digital