Fundo ELAS lança resultado do Edital LBT: Autonomia, Liderança e Direitos

O Fundo ELAS anuncia o resultado do Edital LBT: Autonomia, Liderança e Direitos, que visa apoiar a cidadania LGBT e fortalecer a resistência contra o retrocesso de direitos, financiando projetos de ativistas lésbicas, bissexuais e trans (LBT).

Recebemos 127 propostas de 20 estados. Foram selecionados 10 projetos de grupos e organizações dos estados de Alagoas, Ceará, Distrito Federal, Pará, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.

Os projetos atuam com enfoque na cidadania LGBT; na construção de movimento; formação política e ação coletiva. Serão realizados cursos, publicações, exposições, saraus, festivais artísticos, seminários, torneios esportivos, etc., com foco no protagonismo de lésbicas, bissexuais e trans.

“Ficamos muito satisfeitas com a qualidade dos projetos recebidos, é muito bom ver que o movimento LGBT tem produzido projetos inovadores e consistentes, ainda que não tenha todos os recursos de que precisa e merece. Recebemos propostas de todo o Brasil, não apenas de capitais, que representam a diversidade geográfica e étnico-racial das lésbicas, bis e trans brasileiras”, diz Amalia Fischer, coordenadora geral do Fundo ELAS.

“Os projetos trabalham muito com produção cultural e novas tecnologias da informação, tenho certeza de que essas iniciativas serão um sucesso – sem esquecer que o mais importante para nós é o fortalecimento dos grupos e a sustentabilidade de sua luta por direitos”, afirma Amalia.

Confira a lista de projetos selecionados:


Nome do projeto: Bolacha com Café - Artivismo Lésbico em Maceió – AL
Nome da organização: Ambrosina - Ateliê para Igualdade de Gênero e Empoderamento de Mulheres em Alagoas
Local: Maceió/AL
Doação: R$29.950,00
Projeto atuará com artivismo e direito à cidade para lésbicas, realizando exposição fotográfica, produção de vídeo e intervenções urbanas (estencil, lambes, outdoor, etc) protagonizadas por mulheres lésbicas e bis, com evento de culminância no Dia da Visibilidade Lésbica, visando desconstruir mitos machistas e heteronormativos em torno do relacionamento lésbico.


Nome do projeto: Escreviventes: autopublicação artesanal de narrativas LBTs
Nome da organização: Padê Editorial
Local: Brasília/DF
Doação: R$30.000,00
Projeto consiste na produção e publicação de 44 livros feitos por 44 mulheres lésbicas, transexuais, travestis e bissexuais mediante oficinas de texto poético e escrita literária, diagramação em software livre e encadernação artesanal, visando a inserção de subjetividades historicamente silenciadas na literatura e no mercado editorial. Haverá um sarau para lançamento dos livros.


Nome do projeto: Re-existência
Nome da organização: CDT - Comitê Dialético Transfeminista
Local: São Paulo/SP
Doação: R$30.000,00
Projeto propõe série de ações e diálogos em diversos espaços da Zona Norte de São Paulo com artistas locais e de outras regiões da cidade – residências artísticas, criação de programa de rádio virtual, uma publicação online e uma célula-cênica – visando fortalecer uma rede de resistência construída por meio de ações artísticas.


Nome do projeto: Segurança Digital para LBT´s - um curso à distância
Nome da organização: Blog e Coletivo virtual Gorda&Sapatão
Local: São José do Rio Preto/SP
Doação: R$30.000.00
Projeto vai oferecer dois módulos de um curso online e gratuito para mulheres LBTs que tenham interesse em conhecer tecnologia e segurança digital por uma perspectiva feminista, utilizando como base pedagógica a GUIA de Estratégias e Táticas para Segurança Digital Feminista (CFEMEA, 2017).


Nome do projeto: TransFormar
Nome da organização: Transgrupo Marcela Prado - Associação de Travestis e Transexuais de Curitiba – Paraná
Local: Curitiba/PR
Doação: R$29.350,00
Projeto pretende proporcionar espaço de debate para mulheres travestis e transexuais em liberdade e privadas de liberdade com grupos e mini cursos sobre segurança pública, saúde, educação, assistência social do sistema prisional e assessoria jurídica.


Nome do projeto: Festival Transarte 3ª Edição
Nome da organização: Damas em Cena
Local: Rio de Janeiro/RJ
Doação: R$30.000,00
Projeto vai realizar a 3ª edição do Festival Transarte no Rio de Janeiro, um festival gratuito de 4 dias, com apresentação teatral, exposições e seminário; todas atividades protagonizadas por mulheres travestis e transexuais, com formação e capacitação técnica e artística.


Nome do projeto: A voz do tambor periférico
Nome da organização: Tambores de Safo
Local: Fortaleza/CE
Doação: R$29.997,80
Projeto consiste na criação de um espetáculo artístico para construir referências de cultura lésbica, visibilizar a produção de mulheres lésbicas e produzir sobre a experiência e resistência dessas mulheres, combatendo a lesbofobia nos campos cultural, social e institucional. O espetáculo visa apontar os retrocessos e violências sistemáticas que sofrem as mulheres LBT, bem como questionar a objetificação da mulher, a fetichização da lésbica e a heterossexualidade compulsória.


Nome do projeto: MBB - Futebol para e de homens transexuais e transmasculinos
Nome da organização: Meninos Bons de Bola Futebol Clube
Local: São Paulo/SP
Doação: R$30.000,00
Projeto pretende realizar rodas de conversas coletivas sobre o enfrentamento da violência, direitos e outros e com pessoas transexuais para criar reflexões sobre a presença de trans no futebol e proporcionar visibilidade aos mesmos, criando redes de fortalecimento e empoderamento através da prática do futebol.


Nome do projeto: Mulheres Negras LGBT: Autocuidado, Preservação da Vida e Direitos Humanos
Nome da organização: COMUNEMA - Coletivo de Mulheres Negras "Maria-Maria"
Local: Altamira/PA
Doação: R$30.000,00
Projeto visa promover a organização política e o enfrentamento da violência e das violações de direitos de mulheres negras LBTs que sobrevivem com as consequências dos megaprojetos na região da Transamazônica e Xingu, com formações sobre cidadania e direitos humanos de mulheres negras LGBTs, racismo, feminicídio, cyberbulling, etc. Será promovido também o encontro Mulheres negras LGBTs dos rios, da terra e das florestas e o I Seminário Regional de Mulheres Negras LGBTs da Transamazônica e Xingu.


Nome do projeto: Goleando contra a LGBTfobia - fortalecendo as mulheres lésbicas e bissexuais jovens e adolescentes para o enfrentamento à violência.
Nome da organização: Grupo de Mulheres Lésbicas e Bissexuais Maria Quitéria – PB
Local: João Pessoa/PB
Doação: R$29.020,00
Projeto visa fortalecer o enfrentamento à violência institucional enfrentada por atletas lésbicas e bissexuais no presídio Julia Maranhão, em João Pessoa, por meio de formações políticas, rodas de diálogo, oficinas, torneio de futsal, encontro e seminário.





#TeiaPorDireitosLGBT