Mulheres em Ação em São Paulo

Para o coletivo Levante Mulher, a arte é um importante instrumento de luta no combate à violência contra as mulheres. Com apoio do Fundo Fale Sem Medo, o coletivo realizou o projeto “As Rosas Falam – Mulheres em Ação”, que incluiu espetáculos, oficinas, palestras, workshops e ações de rua. 
 
 
A Casa das Crioulas, espaço destinado a atividades culturais e educativas voltado para mulheres do bairro de Perus, foi um dos anfitriões do projeto. Manoela Gonçalves, fundadora da Casa das Crioulas, fala de sua experiência com o coletivo: “O Coletivo Levante Mulher é sensacional. Eu tenho um projeto social – a Casa das Crioulas – na periferia de São Paulo e elas vieram aqui em casa. Mesmo sendo um bairro distante, elas se dispuseram a ocupar o espaço e fazer a apresentação para mulheres da região”. 
 
“É fundamental termos oportunidades como essa na periferia, de troca de vivências e discussões sobre a mulher. Além do espetáculo, as oficinas também são ótimas, sempre acontecem com muito diálogo. É possível ver a transformação nas mulheres. Sou uma admiradora da Miriam, o Coletivo Levante Mulher é uma referência para o movimento de mulheres da região. Elas são muito unidas, sempre acolhendo a mulherada, desejo de coração que elas continuem tocando e despertando a consciência de muitas mulheres. É importante  agregar os diferentes grupos de mulheres”, conta Manoela.
 
Míriam Selma Costa, coordenadora do projeto, conta que o apoio do Fundo Elas e do Instituto Avon foi fundamental para que chegassem a mais mulheres: “Somos mulheres que vêm da periferia e dedicamos as nossas ações a mulheres da periferia, e esse recurso financeiro criou a possibilidade de ampliar mais nossas ações. Se antes faltava até mesmo dinheiro para passagem, pudemos colocar combustível ou pagar taxi para facilitar nossa locomoção, além de comprar materiais para as oficinas. Isso gerou um fortalecimento e nos motivou a seguir em frente com nosso objetivo de contribuir para a transformação social”.
 
 
Para Andressa Araújo, do Grupo Movidas pela Capoeira, o projeto beneficiou tanto jovens quanto adultos: “O Coletivo Levante Mulher tem uma força muito grande de arrastar jovens, adolescentes que têm uma perspectiva negativa de vida e conseguem mudar essa situação. Como educadora, apoio essa caminhada. É um trabalho de grande relevância política e cultural”.
 
Saiba mais sobre o Coletivo Levante Mulher: https://goo.gl/QaMyJb