Empreendedorismo na Zona da Mata pernambucana

 
Formado em 2005, o CEMUR - Centro de Mulheres Urbanas e Rurais de Lagoa do Carro e Carpina é resultado do encontro de 20 mulheres da Mata Norte de Pernambuco, na zona canavieira, que se uniram para combater o machismo característico da região.  Dedica-se a estimular o empreendedorismo e a geração de renda entre as mulheres locais, promovendo capacitações e incentivando sua autonomia financeira.
 
Apoiado pelo Fundo Fale Sem Medo o grupo desenvolveu o projeto “Bolos do Patrimônio Imaterial de Pernambuco”, que ofereceu oficinas de transmissão de saberes populares nas comunidades quilombolas de Chã de Negros e Trigueiros. Quarenta mulheres participaram da formação em gastronomia que ensinou a fazer bolo de rolo, bolo Souza Leão, bolo pé de moleque e bolo de tapioca, iguarias culinárias que são patrimônio na região. Além disso, o CEMUR promoveu um seminário sobre a Lei Maria da Penha.
 
Maria José Barbosa de Souza, coordenadora do projeto, comemora os resultados: “Mulheres sem ocupação remunerada se transformaram em empreendedoras e passaram a discutir sobre os seus direitos. A repercussão das atividades mostra quanto o projeto  contribuiu para o conhecimento e empoderamento das mulheres. Algumas das participantes que passaram pela qualificação estão até fornecendo bolos para a merenda escolar municipal. Qualificadas para se inserir no mercado profissional, elas ficaram com a autoestima elevada e empoderadas para seguir adiante. Além disso, discutimos sobre direitos humanos das mulheres, especialmente sobre as mudanças trazidas pela Lei Maria da Penha.