Cartão Vermelho para a Violência Doméstica

“Cartão Vermelho para a Violência Doméstica” foi uma campanha promovida pela Associação Streetfootballworld Brasil para empoderar organizações que usam o futebol como ferramenta para enfrentar a violência doméstica. A jogadora Marta foi a artilheira da causa, que mobilizou jovens e educadores de toda a Comunidade de Aprendizagem de Futebol para o Desenvolvimento, a maior rede nacional de organizações que atuam na área.

Fabrini Andrade, da CUFA – Ceará, recebeu o projeto em Fortaleza para a realização de um ciclo de capacitações com adolescentes locais. Ela comemora o engajamento das jovens na campanha: “Coordeno um grupo de futebol feminino de adolescentes em Fortaleza chamado Jogueiras dos Trilhos e fomos convidadas para participar da campanha Cartão Vermelho para a Violência Doméstica.  Utilizamos o futebol como ferramenta para promover o desenvolvimento integral das meninas, que têm entre 13 e 19 anos. A participação delas na campanha foi muito bacana porque, mais do que receberem as informações, elas se apropriaram do conteúdo para divulgar, conversaram com mulheres de suas comunidades, entregaram panfletos. No período da campanha elas participaram da Semana Municipal de Combate à Violência Doméstica, onde puderam conhecer pessoalmente a Maria da Penha e diversas ativistas do movimento de mulheres. Já havíamos debatido questões de gênero antes, mas foi a primeira vez que elas se mobilizaram por uma campanha mesmo, onde se viram engajadas e foram protagonistas. As meninas se empoderaram e gostaram muito de participar. Já esperamos os próximos!”

Acompanhe a Streetfootballworld Brasil no Facebook e confira o vídeo da campanha: https://www.facebook.com/profile.php?id=190997191050670&fref=ts