Autonomia financeira contra a violência

A ADESC, Associação de Desenvolvimento Comunitário de Santa Maria do Pará, é uma associação fundada em 1988, no município paraense de Santa Maria do Pará, dedicada à promoção de atividades culturais, esportivas e ambientais, à geração de renda e à capacitação em temas como empreendedorismo e agroecologia. Com uma parceria de mais de 20 anos com o Movimento de Mulheres do Nordeste Paraense (MMNEPA), a ADESC também atua no enfrentamento à violência contra a mulher.

O projeto “Mulheres Quebrando as Barreiras do Silêncio contra a Violência” incluiu a realização de seminários, caminhadas e palestras em que foram debatidos assuntos como direitos humanos e a Lei Maria da Penha.

Para a agricultora Maria Lizete Aleixo Monteiro, 58 anos, o projeto fez toda a diferença: “Na ADESC trabalhamos com horta, criação de galinha caipira, apicultura, sempre fortalecendo o movimento de mulheres. Fizemos caminhadas, visitas, palestras, e logo vimos o resultado: a violência diminuiu em Santa Maria graças ao projeto. Os homens estão dando mais valor às mulheres, estão trabalhando junto. Na minha casa mesmo as coisas mudaram. Quando as atividades começaram, o meu marido não aceitava que eu participasse. Depois fomos conversando, as mulheres da associação vinham conversar, e ele viu que era uma mobilização que tinha resultado, viu o trabalho sendo reconhecido. Depois, ele passou a ser meu maior incentivador, e quando eu dizia “ai, não vou hoje para o encontro”, ele dizia “vá, mulher, vá”. Ele mesmo já participou de vários encontros comigo e até deixou de beber. Melhorou 90%, para mim e para muitas amigas. As mulheres daqui falavam a mesma língua: diziam que o marido tinha ciúme, que o marido não deixava... À medida que o projeto foi avançando, ouvimos muitos testemunhos sobre mudanças. Para mim isso foi uma vitória, uma conquista muito grande que fiz através do movimento de mulheres”.