AMARN reúne mulheres contra a violência em Manaus

A Associação das Mulheres Indígenas do Alto Rio Negro (AMARN) ou Numiâ Kura, na língua indígena Tukano (que significa "Grupo de Mulheres") é uma das 33 organizações que estão sendo apoiadas em 2016 pelo Fundo Fale Sem Medo.
 
Fundada em 1987 na cidade de Manaus, a AMARN foi criada para promover oportunidades de geração de renda, qualidade de vida e formação sociopolítica para mulheres indígenas, através de atividades e manifestações culturais que fortalecem a cultura indígena do Rio Negro, como artesanato e culinária.
 
O projeto "Libertando as Mentes" visa proporcionar espaços de qualificação para o empoderamento das mulheres indígenas para o enfrentamento da violência doméstica e de outras formas de violência. No dia 29 de maio de 2016 elas promoveram seu primeiro seminário sobre violência doméstica contra a mulher indígena e estratégias de combate. O evento reuniu 50 mulheres na cidade de Manaus.
 
No segundo semestre elas vão realizar um segundo seminário, dessa vez no município de São Gabriel da Cachoeira.